(31) 2516-4056 / atendimento@rhoriente.com.br

    • (31) 99791-0446

Quando consultar um psicólogo

Psicologia

24

jun 2019

Quando consultar um psicólogo? Muitas pessoas têm dificuldade em procurar ajuda quando estão sofrendo de alguma dor ou conflito emocional. Além de um certo estigma (muitos acham que procurar psicólogo ou psiquiatra é “coisa de louco”), existe também um certo desconhecimento de quando e porque procurar esse profissional.

É claro que uma psicoterapia pode ser buscada como um instrumento de autoconhecimento, sem ter um problema específico em foco, e costuma ser um processo muito rico e saudável. Mas a maioria das pessoas costuma pensar em fazer uma psicoterapia quando está enfrentando algum problema específico.

A vida sempre nos apresenta desafios e, em muitos deles, podemos nos deparar com barreiras emocionais que são difíceis de se transpor sem uma ajuda qualificada.

Perdas 

A morte é parte inevitável da vida e todos, mais cedo ou mais tarde, terão que passar pela experiencia de perder um ente querido. Mesmo sabendo disso, o processo é difícil para todo mundo e, em alguns casos, é importante ter que elaborar essa perda e os sentimentos que estão associados a ela: tristeza, raiva, frustração, culpa, etc.

Estresse e ansiedade

Em um mundo cada dia mais estressante, muitas pessoas procuram ajuda psicológica para entender seu sofrimento e encontrar técnicas ou ferramentas emocionais para lidar com sua ansiedade.

O estresse e a ansiedade causam muito sofrimento e, se não tratados, podem levar a uma redução na qualidade de vida, dificuldades de relacionamentos, isolamento social e até à depressão.

Depressão

A depressão é um transtorno mental altamente prevalente em todo o mundo; em torno de 20% da população mundial apresentará depressão em algum momento da vida.

Entretanto, muita gente não procura tratamento quando está deprimida, seja por falta de informação, por preconceito ou simplesmente porque o deprimido tem sentimentos de desesperança que o impedem de ver uma saída.

A depressão é marcada por sentimentos tristeza, perda de interesse nas coisas, falta de energia ou fadiga, dificuldades com o sono, dificuldades cognitivas e pensamentos recorrentes de desamparo, inferioridade e falta de esperança.

Fobias

É comum ter medo de certas coisas: altura, animais (barata, aranha, lagartixa, etc.), avião, elevador, entre outros. No entanto, se esse medo traz muito sofrimento ou traz limitações ou impedimentos à vida da pessoa, ele deve ser tratado.

Existem técnicas consagradas na Psicologia para tratar fobias de forma bastante eficiente e rápida. O EMDR é uma dessas técnicas, com resultados surpreendentes.

Problemas familiares e de relacionamento

Relacionamentos, familiares, pessoais ou relacionados ao trabalho são, com frequência, fonte de conflitos emocionais e a psicoterapia tem um lugar importante da resolução dessas difculdades.

Trabalhar com um psicólogo ajuda a resolver problemas que acontecem em todas as relações, até mesmo naqueles fortes e saudáveis.

Hábitos e vícios

Alguns hábitos pouco saudáveis, como fumar, beber e usar drogas, são comuns e fonte de grande sofrimento para o indivíduo ou seus familiares. Muita gente tenta vencer um vício e percebe que sem ajuda especializada é muito mais difícil.

Essa é uma área em que a Psicologia já se consagrou; existem muitas abordagens psicoterapêuticas específicas para ajudar as pessoas a abandonarem seu vício e/ou criarem estilos mais saudáveis para viver.

Melhorar a performance

Melhorar a performance pessoal ou profissional tem sido um dos principais motivos pelos quais as pessoas andam procuram um psicólogo ou mesmo um coaching.

Aprender a definir seus objetivos, visualizar as dificuldades no caminho e aprender a se conhecer melhor para enfrentar as dificuldades da vida é essencial para ser uma pessoa bem-sucedida. Por exemplo, muitos atletas preparam-se mentalmente para uma competição, tanto quanto treinam fisicamente seu corpo.

Com a ajuda de um psicólogo você pode agir proativamente (ou seja, prevenir certos problemas) ou se tornar mais confiante e resolutivo quando os problemas aparecerem. O que fatalmente acontecerá em algum momento da vida.

Transtornos Mentais

Os transtornos mentais ou transtornos psiquiátricos são também muito frequentes na população e geralmente trazem uma maior gravidade nos sintomas e um grande sofrimento psíquico.

Alguns dos distúrbios mentais mais conhecidos incluem:

  • transtorno bipolar
  • transtorno depressivo
  • esquizofrenia
  • transtorno de estresse pós-traumático

Nesses casos é muito importante contar com a ajuda de um psicólogo (e também um psiquiatra) para ajudar a diminuir o impacto da doença na vida social, familiar e profissional da pessoa.

Encontrando a ajuda certa

Um psicólogo pode ser ajudá-lo a manter uma mente clara e saudável, a lidar e gerir seu estresse, melhorar suas relações e contribuir para uma vida feliz e adequada.

Fonte: Oficina de Psicologia.


Compartilhe:

Rua Guajajaras, 910 - Salas 701 e 702 - Centro/Lourdes - BH

(31) 2516-4056

atendimento@rhoriente.com.br